Meu emagrecimento [até agora]

Outro dia postei na pagina do Facebook do blog ( segue lá, é só clicar aqui do lado)  uma foto minha de um antes e depois, e perguntei se vocês queriam post sobre meu emagrecimento e muitas falaram que sim, então aqui está.

IMG_6343

Adianto que vai ser um post um pouco grande, mas vai valer a pena!!

Lembrando que eu não sou nutricionista, não sou instrutora física, não sou endocrinologista, nada ligada à área de saúde, sou uma pessoa normal com um metabolismo hiper lento que está tentando emagrecer e levar uma vida saudável, dito isso, vamos começar do começo.

Dia 15 de outubro de 2015, eu fui demitida do hotel no qual eu trabalhava (meu peso estava entre85/86 kg, confesso que não me pesava muito na época) e no dia 16 eu voltei para minha aula de Ritmos com a Karla na academia R3 aqui em São Vicente (https://www.facebook.com/R3ACADEMIASV/?fref=ts) e comecei a me alimentar mais vezes ao dia e de forma mais regrada.

Em meados de Novembro, procurei uma clinica estética para fazer algum procedimento que me ajudasse nesse processo e potencializasse a perda de gordura, fiz uma pesquisa rápida na internet mesmo e a Pro Corpo de Santos (http://www.procorpoestetica.com.br/) me pareceu uma boa escolha, fiz a avaliação com a fisioterapeuta e ela indicou fazer o Heccus, drenagem linfática e carboxiterapia, tudo focado no abdômen, fechei um pacote com 10 sessões. Junto com o tratamento estético estava incluso o acompanhamento de uma nutricionista.

Passei com a nutricionista no dia 16 de novembro de 2015, antes de iniciar as sessões e eu estava pesando 81 kg, já havia conseguido eliminar um pouco sozinha, ela me passou uma dieta pronta, onde eu podia comer de tudo, tudo tinha substituição, tomava bastante chá ao longo do dia e suco verde todo dia de noite, para mim era bem tranquilo seguir a dieta dela, mas confesso que não botei uma fé de que ia adiantar, mas continuei seguindo.

Depois de umas 3 semanas, minha mãe descobriu pelo Facebook de conhecidas dela, a Sil(https://www.facebook.com/silvia.masdetaormina?fref=ts) que cozinha e presta assessoria da dieta Dukan fomos até lá para conhecer e entender melhor como era a dieta, me interessou bastante, mas como íamos viajar e logo em seguida viria Natal e Ano Novo, decidi aguardar e começar no dia 04 de Janeiro de 2016.

Enquanto isso mantive, minha “dieta” de fechar a boca, parei com refrigerante ( e continuo parada), intensifiquei os tratamentos estéticos, adicionei a Lipocavitação com massagem modeladora e fiz 1 sessão de Criolipólise no Espaço Eller (https://www.facebook.com/espacoeller/?fref=ts) aqui em São Vicente.

IMG_6190
Crio na barriga, não dói, apenas incomoda um pouco nos primeiros minutos.

No domingo, 3 de Janeiro de 2016, voltei lá novamente, para ela tirar minhas medidas, me pesar e já me entregar as comidas para o dia seguinte, nesse dia eu estava com 78 kg, já havia perdido 7/8 kg “sozinha”

 

Achei que seria a morte para mim, mas me adaptei muito bem à dieta, não caí em nenhuma tentação nem saí da dieta uma só vez e mesmo com o metabolismo lento consegui depois de 2 meses perder mais 9 kg. Hoje, sábado 19/03 estou com 68,3kg e ainda faltam mais 10kg para perder, ou seja estou no processo ainda de perda.

É aquela velha história, uma dieta, com exercícios físicos (faço Ritmos, Step e malho com a Karla, minha personal https://www.facebook.com/profile.php?id=100004171116474&fref=ts) e algumas mudanças no dia a dia, trazem resultados.

Mais uma vez, esse é apenas o meu relato de como eu estou conseguindo emagrecer, não sou nutricionista para indicar dieta para ninguém, não sou fisioterapeuta para indicar tratamento para ninguém, nem personal para falar quais exercícios cada um deve fazer, é apenas o que está dando certo comigo.

Tenho sorte de ter profissionais excelentes ao meu redor e isso só me dá mais força para continuar.

Eu sei que ficou longo, me desculpem, quem tiver dúvidas pode me perguntar e se vocês quiserem posso fazer mais post sobre esse tema, me falem, ok?

Beijos!

Júlia

Esmaltes para o inverno

Cor de esmalte é uma coisa bastante pessoal, e eu penso que não tem essa coisa de estação, mas no frio uma unha com uma cor mais fechada fica bem chique, não é mesmo?

Elegi 5 esmaltes da minha coleção que eu considero a cara dos dias mais frios que estão por vir.

IMG_6427
Paradoxal(509), Vendaval,Preto Sépia, Vogue e Midnight Affair (791)
  • Paradoxal da Chanel: metálico que parece marrom, mas tem um toque de violeta dependendo da luz, chique demais! Minha única reclamação, o pincel! Chanel, vamos investi em um pincel mais tecnológico, por favor?
  • Vendaval da Vult: cremoso que eu usei essa semana e me apaixonei por ele, um verde bem escuro que às vezes parece preto, de uma qualidade maravilhosa. Em minha opinião, os esmaltes da Vult são os melhores atualmente no mercado brasileiro, em qualidade do esmalte e anatomia do pincel.IMG_6393
  • Preto Sépia da Risqué: pretinho básico que nunca sai de moda, sou super suspeita para falar, uso preto ao longo do ano todo, primavera, verão, inverno, não importa, amo preto, fica fino! O pincel é dos novos, mais retinhos, facilita a aplicação.
  • Vogue da Ana Hickman: foi bem difícil de encontrar esse esmalte, mas não desisti e consegui e não me arrependi, um marrom cremoso bem lindão, fica parecendo unha de madame rica em Paris. O pincel lembra um pouco os da Risqué, mais quadradinho e não tão arredondado quanto os da Vult.
  • Midnight Affair da Revlon: começo falando da desgraça desse pincel, que consegue ser pior que o da Chanel, só manicure mesmo para conseguir mexer nisso, mas a cor vale cada raiva, um azul escuro metálico lindo de morrer, que depois que termina de esmaltar até esquece o pincel ( mentira, não dá para esquecer).

Não sou uma pessoa muito ousada para cores de esmalte, no máximo, azul  ou verde escuro, sou mais branquinho, nude, vermelho e preto, mas de vez em quando é bom sair da zona de conforto.

E vocês, me contem, o que vocês gostam de usar no frio, ou no ano inteiro ?

Beijos!

Júlia

 

Santiago 2015 [parte 2]

Continuando a série sobre Santiago no Chile, nos dias seguintes fomos visitar 2 vinícolas, a Santa Rita e a mais famosa, Concha Y Toro.

O Chile é um pais que produz (e muito) vinho, então não tem  como escapar de visitar pelo menos 1 vinícola, mesmo para quem não bebe, o passeio vale a pena, pela história que cada uma possui e também pelos terrenos que são maravilhosos.

O roteiro do segundo dia era, vinícola Sana Rita e depois Costaneira Center.

 

A vinícola fica bastante distante do centro da cidade, meio que fora de Santiago, bem longe mesmo, mas vale a pena a visita, o tour custou 10 mil pesos chilenos, o que dá mais ou menos uns R$45/R$50 e pode ser em espanhol, inglês ou português.

DSC01643
Por favor ignorem o fato que eu estou gigante de gorda.

No final da tarde fomos ao Costaneira Center, é um complexo empresarial, onde tem um shopping enorme, uma torre de escritórios e o mirante mais alto da américa latina, com 300 metros de altura do chão.

O elevador leva cerca 40 segundo para chegar lá em cima e o visual é maravilhoso, você pode ver Santiago inteiro em um ângulo de 360°, já que o prédio é redondo e todo envidraçado, para os mais corajosos, existe um andar acima que se acessa por uma escada rolante onde o céu é aberto e é mais alto ainda.

IMG_5543

Quando descemos aproveitamos para passear no shooping, que por sinal é muito bem organizado e obviamente fazer umas comprinhas, já que lá existem lojas que não encontramos no Brasil, como é o caso da H&M.

Para fechar a noite, o jantar foi no Hard Rock Café, com direito a face time para o noivo participar e tudo mais.

IMG_0944

Prometo não demorar tanto para o próximo post.

Beijos!

Júlia